Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Descubra Qual a Diferença Entre Doutrina e Jurisprudência!

Para trabalhar no meio jurídico é preciso compreender os conceitos dos termos empregados na área. Portanto, saber qual a diferença entre doutrina e jurisprudência é essencial para que o profissional possa mostrar dominância das expressões utilizadas e exercer bem o seu papel como trabalhador.

Quer descobrir o que define cada um deles? Então veja só este artigo!

 

Então, qual a diferença entre doutrina e jurisprudência?

Profissionais da área jurídica usam esses dois termos a todo tempo, de modo que é necessário saber qual a diferença entre doutrina e jurisprudência. Ambos conceitos são bastante distintos um do outro, então não tem erro! Confira:

 

O que é jurisprudência?

Com origens na época do direito romano, a palavra é derivada do latim e significa “justiça e prudência”. Desta forma, agir com jurisprudência é respeitar o histórico de postura jurídica já usado em casos semelhantes. Ela serve, então, como uma espécie de guia para decisões jurídicas.

Afinal, quando acontecem vários cenários parecidos em diferentes espaços e tempos e, mesmo assim, a maioria têm sentenças semelhantes, é porque existe um certo consenso sobre a percepção dos juízes a respeito de como aplicar a legislação vigente.

Entretanto, a jurisprudência não é uma lei ou uma regra que deve ser cumprida obrigatoriamente, sendo preciso avaliar cada situação com suas particularidades. Caso o juiz encontre detalhes que diferem este caso de outro e que podem gerar resultados adversos, não há nenhum problema quanto a isso.

O que é doutrina?

A doutrina é a produção acadêmica de textos que enriqueçam a realidade jurídica. Os chamados “doutrinadores” são os especialistas em ciências e filosofia do Direito que se encarregam de analisar suas mais diversas vertentes e criar formas de pensamento dentro das universidades, além de buscar melhor compreender o funcionamento das normas já impostas, a quem se aplica e se existe alguma brecha para que ela seja modificada de alguma forma.

Nada impede o doutrinador de produzir conhecimento sobre temas que não são legalizados ou reconhecidos perante a lei em seu país, uma vez que ele é apenas um pesquisador. 

Porém, caso existam lutas para que haja legalização ou reconhecimento, os seus textos podem ser usados como guia e base científica para projetos de lei futuros.

 

Gostou de saber qual a diferença entre doutrina e jurisprudência? Então não deixe de buscar os principais concursos na Carreira Jurídica aqui no site da Damásio Educacional.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.