Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso TJ MG: seleção deve ser agilizada

No último dia 09 de novembro, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), sancionou a lei complementar 149, de 08 de novembro, que agrega as carreiras dos quadros de servidores da 1ª e 2ª instâncias do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Desta forma, o concurso TJ MG para a 1ª instância já pode ser agilizado. Além disso, os dois editais devem publicados de modo unificado. Mas, ainda não há previsão para o início do processo seletivo.

O concurso TJ MG para a 1ª instância contará com oportunidades para os cargos de oficial e técnico judiciário, para quem possui, respectivamente, níveis médio e superior. As remunerações básicas iniciais são de R$ 2.683,58 para oficiais e R$ 4.202,59 para técnicos. Embora o número inicial de vagas ainda não tenha sido confirmado, já está certo que, além de vagas imediatas, a seleção também será destinada para formar cadastro reserva de pessoal.

No caso de oficial judiciário, que exige apenas ensino médio para concorrer, as oportunidades serão para a área de oficial de justiça avaliador.

Para os técnicos, o concurso contará com oportunidades para as áreas de assistente social judicial e psicólogo judicial, ambos com necessidade de formação nas respectivas áreas.

De acordo com o edital de licitação para a escolha da banca, as taxas já estão definidas e serão de R$ 70 para o cargo de oficial e R$ 90 para os técnicos.

Veja como será a futura prova do concurso TJ MG

Um ponto definido pelo edital de licitação do concurso TJ MG 2019 para a 1ª instância é a forma como serão aplicadas as provas do certame. Para todos os cargos, a prova objetiva contará com 60 questões.

Caso não ocorram mudanças no novo projeto básico, no caso de oficial serão 20 de língua portuguesa, cinco de noções de informática, 15 de noções de direito e 20 de conhecimentos específicos.

Para os técnicos, 15 de língua portuguesa, cinco de noções de informática, 15 de noções de direito e 25 de conhecimentos específicos. Para todos os cargos, o exame também contará com uma redação.

A duração dos exames será de 4h30 e aplicação deverá ocorrer nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.    

A estimativa do órgão é de que o concurso conte com aproximadamente 85 mil inscritos.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.