Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso TCE SC: definida comissão organizadora

Nesta sexta-feira (01), foi definida a comissão organizadora do concurso TCE SC (Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina) com o objetivo de promover estudos preliminares com a função de determinar as necessidades de servidores para cada área. Após estes procedimentos, poderá ter uma previsão de quando o edital de abertura de inscrições poderá ser efetivamente publicado. A comissão conta com um prazo de 30 dias para divulgar um parecer. Desta forma, novas informações podem ser anunciadas em breve.

A comissão do concurso será coordenada pelo supervisor do Instituto de Contas, conselheiro José Nei Alberton Ascari e conta, ainda, com os seguintes participantes: chefe do gabinete da presidência, Juliana Francisconi Cardoso; assessora jurídica Francielly Stahelin Coelho, representante do Instituto de Contas, Sabrina Maddalozzo Pivatto; diretora-chefe da administração, Edison Stieven; da diretoria de gestão de pessoas, Giane Vanessa Fiorini e Cristiane de Souza Reginatto; e da diretoria de atos de pessoal, Marcos Antônio Martins.

De qualquer forma, o documento também determina que os levantamentos serão para posterior preenchimento de vagas para os cargos de auditor (conselheiro substituto), auditor fiscal de controle externo e técnico em atividades administrativas e de controle externo. Para todas as carreiras, para ingresso é necessário possuir formação de nível superior, com remunerações iniciais de R$ 33.076 para auditor conselheiro substituto, R$ 14.502,59 para auditor fiscal de controle externo, R$ 10.069,33 para técnico de atividades administrativas e R$ 13.575,41 para técnico de atividades administrativas e de controle externo.

Veja como será o último concurso TCE SC

O último concurso TCE SC ocorreu em 2015, quando foram oferecidas 50 vagas para o cargo de auditor fiscal de controle externo, sendo 5 para a área de administração, 13 para contabilidade, 10 para direito, 3 para economia, 10 para engenharia civil e 9 para informática. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cespe/UnB.

A seleção foi composta de provas objetivas, com 120 questões, além de análise de títulos. Do total de questões, 50 foram sobre conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Na parte de conhecimentos gerais foram cobrados temas sobre língua portuguesa, controle externo da administração pública e auditoria governamental.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade