Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso PM SP: vice-governador garante prioridade para 2,7 mil vagas para soldados

Durante uma reunião virtual das comissões de administração pública e relações do trabalho e fiscalização e controle da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), realizada na última terça-feira (21), o vice-governador do estado, Rodrigo Garcia, afirmou que o concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para soldados será uma prioridade com o final da pandemia de coronavírus

“Neste momento, os concursos estão suspensos, seja da área civil ou da área militar, mas o governador João Doria já registrou que será prioridade na retomada pós-pandemia a questão do reforço na segurança pública”, afirma Garcia.  

A corporação já conta com concurso autorizado desde 25 de janeiro, para o preenchimento de 5.400 postos de soldados, por meio de dois editais, com 2.700 cada. O primeiro já estava previsto para ser publicado no primeiro semestre, o que acabou não ocorrendo em virtude da suspensão dos preparativos em virtude da crise de saúde. O documento já estava praticamente pronto, inclusive com contrato assinado com a banca, a Fundação Vunesp.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres. Os interessados também devem possuir carteira de habilitação nas categorias “B” a “E”. A remuneração inicial é de R$ 3.266,30, considerando o salário básico de R$ 2.674,66 e o adicional de insalubridade de R$ 691,64 

A comissão é presidida pela coronel Monica Puliti Dias Ferreira, tendo como suplente o tenente coronel Décio dos Santos Gomes. Como vice-presidente foi nomeado o major Alan Fernandes, tendo como suplente a major Adriana Nunes Nogueira. Na coordenação técnica, o capitão O Brien Pineda Teixeira, tendo como suplente o primeiro tenente Bruno Scalco dos Santos  

Como serão as provas do concurso PM SP

No concurso PM SP para o cargo de soldado, no último concurso, realizado no segundo semestre de 2019,  nas provas objetivas foram cobradas 60 questões, sendo 20 de língua portuguesa e interpretação de textos, 14 de matemática, 14 de conhecimentos gerais, 6 de noções básicas de informática e 6 de noções de administração pública. No mesmo dia, os participantes foram submetidos a uma redação.

Posteriormente, o concurso PM SP para soldado conta, ainda, com exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação da conduta social, reputação e idoneidade e análise de documentos.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2020? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.