Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso PC RJ apresenta avanços internos para 1 mil vagas

Na última sexta-feira (01), o concurso PC RJ (Polícia Civil do Rio de Janeiro) apresentou avanços internos. Atualmente, o processo seletivo está passando por uma avaliação na Secretaria de Estado de Casa Civil e Governança (SECCG). A seleção terá uma oferta de 1.000 vagas, com previsão de ter o seu edital publicado no mês de dezembro. Os postos terão como exigência de escolaridade o ensino fundamental, médio e superior. No entanto, ainda falta definir a banca organizadora do certame.

Para nível superior, o concurso contará com 500 oportunidades de inspetor de polícia, 100 de perito legista e 100 de delegado, além de 60 para perito criminal. Para inspetor será exigida formação em qualquer área, enquanto para delegado, os interessados deverão possuir formação na área de direito. Por fim, para perito legista, formação em medicina, bioquímica, odontologia e farmácia. 

Para quem possui ensino fundamental, o concurso PC RJ (Polícia Civil do Rio de Janeiro) contará com 60 oportunidades para o cargo de auxiliar de necropsia. Para ensino médio, a seleção será para 80 postos de técnico de necropsia. Nesta categoria, agora também deverão ser consideradas as 100 vagas de investigador.

A remuneração inicial do perito é de R$ 8.469,34, enquanto para delegado é de R$ 18.157,73, já considerando auxílio-alimentação de R$ 264. No caso de inspetor, R$ 6.280,31. Para técnico em necropsia, R$ 5.277,59 e para auxiliar de necropsia, R$ 4.506,27. Por fim, para investigador, o inicial será de R$ 5.000.

A comissão do novo concurso PC RJ é presidida pelo secretário da corporação, Marcus Vinicius Braga, e conta, ainda, como membros, com o subsecretário de gestão administrativa, subsecretário de planejamento e integração operacional, subsecretário de inteligência, chefe de gabinete, corregedor geral da polícia e diretor da academia estadual de polícia Sylvio Terra.  

Veja como foi o último concurso PC RJ – Delegado

O último concurso PC RJ para delegado ocorreu em 2012, quando foram oferecidas 100 vagas. A banca, na ocasião, foi a Funcab.

O processo de seleção contou com provas objetivas, provas discursivas, avaliação de cunho oral, exame psicotécnico, prova de capacidade física, avaliação médica, investigação social, análise de títulos e curso de formação profissional.

A prova objetiva contou com 100 questões, sendo 20 de direito penal, 20 de direito processual penal, 20 de direito administrativo, 20 de direito constitucional, dez de direito civil e dez de medicina legal. Para direito civil e medicina legal, cada questão valeu dez pontos, enquanto para as demais disciplinas, cada questão valeu cinco.

O primeiro contou com quatro questões de direito penal e quatro de direito processual penal. No segundo, quatro de direito administrativo e quatro de direito constitucional. No terceiro, quatro de medicina legal e quatro de direito civil.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.  

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade