Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso IBGE: definida a banca organizadora para 208 mil vagas

Na última quinta-feira (20), foi definida a banca organizadora do concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o preenchimento de 208.695 vagas temporárias para o Censo Demográfico 2020. A empresa escolhida foi o Cebraspe. A expectativa é de que os novos editais seja publicados até o início de março.

Com a assinatura do contrato pode ser mantida a previsão do coordenador operacional do Rio Grande do Sul, Eduardo Azevedo, que, recentemente, anunciou que as inscrições seriam recebidas no período de 2 a 27 de março. A oferta de vagas, inicialmente definida em 225.678, foi alterada para 208.695.

As opções serão para cargos com exigências de nível fundamental e nível médio, com iniciais de até R$ 4.000.

Dos dois novos editais, o primeiro será para a carreira de recenseador, que conta com 196.000 vagas autorizadas. Porém, de acordo com as últimas informações, o total foi alterado para 180.557. Neste caso, para concorrer é necessário possuir apenas ensino fundamental, com inicial variável por produção, com média de R$ 1.278,94.

Já o segundo edital deverá ser destinado para as carreiras de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, respectivamente, 6.100 e 23.578 postos autorizados. Porém, agora foi confirmado que para agente censitário municipal serão 5.462 e para agente censitário supervisor, 22.676.

Para agente censitário municipal, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 2.100. Para agente censitário supervisor, ensino médio e R$ 1.700. Vale lembrar que o IBGE já divulgou três editais para contratações temporárias, nos quais já foram oferecidas 25 para agente censitário supervisor e 4 para agente censitário municipal.

Concurso IBGE: saiba como será o Censo Demográfico 2020

No concurso IBGE para temporários, o cargo de destaque dos censos sempre é de recenseador, que no último concurso IBGE contemplou 191.972 vagas e exigiu apenas nível fundamental completo. Os ganhos oferecidos para a função variam de acordo com o número de informações coletadas.

As demais funções necessárias para as pesquisas são as seguintes: agente regional, agente administrativo, agente municipal, agente de informática e agente supervisor.

O Censo compreendeu um levantamento minucioso de todos os domicílios do país. Nos meses de coleta de dados e supervisão, os recenseadores visitam milhões de domicílios nos 5.565 municípios brasileiros para colher informações sobre quem somos, quanto somos, onde estamos e como vivemos.

Concurso IBGE: saiba como serão as provas

No concurso IBGE, a aplicação das provas objetivas deve ocorrer em 26 estados e no Distrito Federal. Para recenseador serão 5.569 cidades e para agentes, 4.612 municípios.

Para os recenseadores a prova contará com 50 questões, sendo 10 de língua portuguesa, 5 de ética no serviço público, 10 de matemática e 25 de conhecimentos técnicos.

Para agentes, 10 de língua portuguesa, 10 de raciocínio lógico quantitativo, 5 de ética no serviço público, 15 de noções de administração/situações gerenciais e 20 de conhecimentos técnicos.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.