Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso Famema SP: processo seletivo precisa de autorização

A autorização expedida pelo ex-governador Márcio França (PSB), em setembro de 2018, está com prazo esgotado para o concurso Famema (Hospital das Clínicas e Faculdade de Medicina de Marília). Vale lembrar que em 2014, o então governador Geraldo Alckmin (PSDB) decretou que “a autorização governamental para abertura de concurso público terá validade pelo prazo de 1 (um) ano, a contar da data da publicação”.  Deste modo, o processo seletivo para o órgão precisa de uma nova autorização do atual chefe do executivo estadual, João Dória (PSDB).

A autorização de 2018 foi para o preenchimento de nada menos do que 1.726 vagas, sendo 167 para cargos com exigência de ensino fundamental, 818 para ensino médio e 741 para cargos de nível superior, com remunerações iniciais de R$ 1.355,14 a R$ 14.386,50, para jornadas de trabalho de 12 a 40 horas semanais.

A expectativa era de que o edital fosse publicado ainda em 2018 ou, no mais tardar, início de 2019. Porém, em 3 de janeiro deste ano, os preparativos foram suspensos em decorrência do decreto 64.069, por Dória, que determinou que fossem suspensos os preparativos de concursos já autorizados, mas ainda sem editais publicados. Desde então, cresceu a expectativa por um novo parecer do governo, permitindo a retomada do certame, o que agora somente poderá ocorrer mediante nova autorização governamental.

Veja os cargos do concurso Famema

Para nível superior,  agente técnico de assistência à saúde (223, R$ 1.972,43 para 50% do PIN e R$ 2.631,43 para 100%), analista administrativo (42, R$ 2.364,46 para 50% e R$ 2.714,45 para 100%), analista sociocultural (6, R$ 2.364,46 para 50% e R$ 2.714,45 para 100%), cirurgião dentista (3, R$ 2.512,77 para 50% e R$ 2.762,77 para 100¨%), enfermeiro (154, R$ 2.391 para 50% e R$ 3.266,10 para 100%), engenheiro (7, R$ 4.890,59 para 50% e R$ 5.240,69 para 100%), médico I (213, R$ 2.685,82 para 12 horas com 50% do Prêmio de Produtividade Médica – PPM  e R$ 3.726 para 100% com 12 horas, R$ 4.476,37 para 50% com 20 horas e R$ 6.210 para 100% com 24 horas, R$ 5.371 para 50%  para 24 horas e R$ 7.452 para 100% e R$ 10.919 com 50% para 40 horas e R$ 14.386,50 para 40 horas), tecnólogo de radiologia (18, R$ 1.646,96 para 50% do PIN e R$ 1.871,96 para 100¨%), professor assistente mestre (14, com R$ 2.164,80 para 20 horas, R$ 3.247,20 para 30 e R$ 4.329,60 para 40 horas) e professor adjunto doutor (61, R$ 3.609,95 para 20 horas, R$ 5.514,91 para 30 e 7.219,89 para 40 horas).  

No caso de ensino médio, a autorização foi para os cargos de agente técnico de saúde (44 vagas, com inicial de R$ 1.424,14 no caso de 50% do PIN e R$ 1.705,64 para 100%), oficial administrativo (137, R$ 1.292,64 para 50% do PIN e R$ 1.442,64 para 100%), oficial operacional (24, R$ 1.292,64 para 50% e R$ 1.442,64 para 100%), técnico de enfermagem (532, R$ 1.464,14 para 50%e R$ 1.765,64 para 100%), técnico de laboratório (36, R$ 1.367,64 para 50% e R$ 1.592,64 para 100%) e técnico de radiologia (45, R$ 1.367,64 para 50% e R$ 1.592,64 para 100%).

No concurso Famema, no caso de ensino fundamental, todas as 167 vagas autorizadas foram para  o cargo de auxiliar de saúde, com remuneração inicial de R$ 1,355,14 em caso de 50% do Prêmio de Incentivo (PIN) e  R$ 1567,64 no caso de 100% do benefício.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.