Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Tudo sobre como abrir um escritório de advocacia!

A imagem contém uma advogada que acabou de abrir um escritório de advocacia.

Abrir um escritório de advocacia não é algo simples, especialmente porque devemos considerar a importância do investimento inicial e, em muitos casos, o valor nem sempre é barato. Além do mais, é preciso levar em conta que a abertura de uma advocacia exige o cumprimento de inúmeras normativas, para que o seu negócio esteja devidamente regularizado.

Se você está com dúvidas se vale a pena abrir um escritório de advocacia, chegou ao lugar certo. Mesmo que você ainda não tenha muitos clientes, ter um espaço organizado é determinante para um bom atendimento e o sucesso profissional.

No artigo de hoje, acompanhe algumas dicas de como abrir um escritório de advocacia e expandir a sua atuação. Acompanhe a leitura!

Como funciona um escritório de advocacia?

O Direito é uma área em constante expansão. Para termos uma ideia, em 2014, existiam cerca de 20 mil empresas de advocacia no Brasil, mais de 414 mil cursos e quase 1,1 mil faculdades abertas, segundo dados do boletim de notícias da ConJur.

De maneira geral, para abrir um escritório de advocacia é necessário pensar em um plano de negócios, assim como todo empreendimento. No ramo específico do Direito, as empresas de advocacia apresentam algumas vertentes de atuação, que ajudam a direcionar os serviços a um determinado público e a própria especialização dos advogados do escritório.

Sendo assim, para abrir um escritório de advocacia, separamos alguns pontos principais que valem a pena seguir se você quiser abrir o seu. Confira a seguir!

1 – Defina a sua área de atuação

O primeiro passo é: defina a área do Direito do seu escritório de advocacia. Por exemplo, se você tem uma especialização em Direito Tributário, a recomendação é focar justamente nesse segmento, deixando claro quais os serviços prestados.

2 – Faça uma pesquisa de mercado

Outra dica, por exemplo, é fazer uma pesquisa de mercado antes de abrir um escritório de advocacia. Isso irá te ajudar a visualizar melhor se o investimento vale a pena, os locais mais prósperos para a abertura da empresa, entre outros requisitos básicos de um negócio.

3 – Escolha se quer trabalhar sozinho(a) ou com sócios

É comum que muitos advogados abram um escritório de advocacia em conjunto com outros profissionais, isto é, sócios. Além de ratear os custos e o investimento inicial, é uma oportunidade de abranger novos serviços na área do Direito e, com isso, conquistar uma clientela maior.

4 – Crie um plano de ação para organizar a sua rotina

Ter um plano de ação é uma maneira bastante eficiente de organizar a sua rotina durante a abertura de um escritório de advocacia. Aliás, no planejamento, você pode sistematizar os recursos humanos e materiais envolvidos, com uma boa perspectiva do retorno sobre investimento.

A imagem contém um jovem advogado que acabou de abrir um escritório do advocacia fazendo um atendimento por celular e anotando informações em um caderno.
Abrir um escritório de advocacia significa autonomia para seus atendimentos!

Como regularizar um escritório de advocacia?

Um dos pontos mais importantes ao abrir um escritório de advocacia é verificar as regulamentações em torno das empresas jurídicas. Para começo de conversa, se você quer ser o titular de uma empresa de advocacia, precisa ter aprovação no Exame da Ordem.

Outra exigência é a regularização do próprio escritório de advocacia junto a OAB. De acordo com a Lei no 6.839, de 1980, o registro de empresas e de seus profissionais legalmente habilitados é obrigatório para a fiscalização das atividades exercidas pelas entidades competentes.

Depois de regularizar a empresa de advocacia junto a OAB, a próxima etapa é a abertura do CNPJ. Esse processo é feito junto à Receita Federal. Por fim, você deve registrar o alvará de funcionamento na Prefeitura da cidade-sede e registrar a empresa no INSS e na Caixa Econômica Federal, para emitir certificado digital e nota fiscal eletrônica.

Quem pode abrir um escritório de advocacia?

Visto que para abrir um escritório de advocacia é preciso registrar a empresa na OAB, somente profissionais devidamente habilitados e com registro na Ordem estão aptos para iniciar esse empreendimento. Isso é válido tanto para advogados autônomos quanto para empresas em sociedade.

Quanto custa para abrir um escritório de advocacia?

Como dissemos no início do artigo, abrir um escritório de advocacia demanda um certo investimento que nem sempre é muito barato. Estima-se que o gasto inicial seja em torno de R$ 12 mil, dependendo das variações de cada região, considerando os custos mais importantes, como aluguel do espaço, aquisição de equipamentos essenciais e pagamento dos profissionais envolvidos.

No entanto, você precisa considerar também outros custos indiretos, como investimentos em marketing digital jurídico para divulgar a sua empresa de advocacia, aquisição de softwares jurídicos, pagamentos para manutenção do registro na OAB e mais. Contabilizando tudo, é bem possível que, dependendo da sua cidade e intenções do seu empreendimento, o preço suba para cerca de R$ 30 mil.

Para quem está buscando alternativas mais econômicas, ao invés de abrir um escritório de advocacia do zero, uma opção é procurar por espaços de coworking. Dessa forma, você pode economizar no aluguel do espaço e também em muitos equipamentos. Afinal, há escritórios compartilhados totalmente planejados e com serviços de recepção.

Independentemente disso, abrir um escritório de advocacia é essencial para você crescer profissionalmente e expandir a sua atuação no mundo do Direito, conquistando mais clientes e alcançando o sucesso!

Conhece alguém que também está pensando em abrir um escritório de advocacia? O que acha de compartilhar com ele/ela este artigo?

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.