Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

O Que Faz Um Analista do Ministério Público e Como É A Carreira?

Você já sabe o que faz um analista do Ministério Público? Este é um cargo bastante cobiçado entre os concurseiros e se o seu objetivo é seguir uma carreira executando esta função, é importante saber quais são as suas principais características e áreas de atuação.

Quer entender mais sobre o dia a dia desse profissional? Então não deixe de ler este artigo. Confira!

Afinal, o que faz um analista do Ministério Público?

Compreender o que faz um analista do Ministério Público é necessário para quem se interessa em ter um cargo concursado. Assim, as principais funções desse profissional são prestar auxílio aos demais membros do MP, assim como ao Promotor e ao Procurador de Justiça.

Portanto, para que possa oferecer essa ajuda, ele se torna responsável por elaborar peças processuais, tais como recursos e minutas de pareceres. Também deverá fazer a pesquisa caso a caso para compreender a doutrina e a jurisprudência relacionados a determinados temas jurídicos.

Inclusive, outras funções que são designadas a um analista do Ministério Público são o controle das pautas de audiências e sessões, feitura de ofícios, entre outras atividades de caráter administrativo.

Avaliações, vistorias, procedimentos extrajudiciais e acompanhamento da perícia são algumas das demais atividades também de sua responsabilidade.

Cabe ao analista, também, lidar com o público. Desta forma, amparar e tirar dúvidas dos que estão nas sessões presencialmente, atender ao telefone e oferecer respostas via e-mail são funções necessária.

Ter um amplo conhecimento nas áreas de Direito Administrativo e Constitucional são essenciais.

Como ingressar na carreira de analista do Ministério Público?

Agora que você sabe o que faz um analista do Ministério Público, veja só como se tornar esse tipo de profissional!

Primeiramente, todos os candidatos devem ser bacharéis em Direito e possuir diploma emitido por uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O ingresso na carreira se dá por meio de concurso público, organizado pela esfera que requer esse tipo de serviço. São quatro tipos de órgãos que precisam de um analista, sendo eles o Ministério Público do Trabalho (MPT), Federal (MPF), do Distrito Federal e territórios (MPDFT) e Militar (MPM).

Uma grande vantagem dessa carreira é que existe a possibilidade de promoções anuais, sendo possível fazer progressões até o nível máximo em 13 anos.

Gostou de saber o que faz um analista do Ministério Público? Então aproveite para estudar para concursos públicos com os cursos do Damásio Educacional!

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade