Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso Ministério da Economia: comissão formada

Nesta terça-feira (15), foi formada a comissão organizadora do concurso Ministério da Economia, através da publicação da portaria no Diário Oficial da União pelo secretário executivo da pasta, Marcelo Pacheco de Guaranys. O processo seletivo conta com uma oferta de 39 vagas temporárias para candidatos com formação em ensino superior, embora os salários ainda não foram confirmados. 

Segundo o documento, do total de postos, 37 serão para a carreira de atividades técnicas de complexidade intelectual na área de direito e 2 para atividades técnicas de complexidade intelectual na área de arquivologia. 

Segundo a autorização, a pasta conta com um prazo de seis meses para a publicação do edital de abertura de inscrições, contando da autorização, ou seja, até 12 de fevereiro. Porém, a tendência é de que o documento seja liberado bem antes deste prazo, tendo em vista a necessidade de pessoal e o fato de que as contratações em caráter temporário costumam ser realizadas de forma mais simplificadas, em relação aos concursos para efetivos.

A portaria ressalta que os profissionais serão contratados para desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial de Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima – CEEXT do Ministério da Economia.  

A duração dos contratos deve ocorrer até 1 de dezembro de 2022, com possibilidade de prorrogação, de acordo com as necessidades.

Representando a Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, a comissão contará com o servidor Leonardo Aguiar Sousa, tendo como suplente Fabiula Costa Oliveira. Representando a Coordenação-Geral de Desenvolvimento e Movimentação de Pessoal da Diretoria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Gestão Corporativa da Secretaria Executiva do Ministério da Economia , Rodrigo de Oliveira Alves, tendo como suplente Daniel Pires de Castro. Por fim, pela Coordenação-Geral de Legislação de Pessoal da Diretoria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Gestão Corporativa da Secretaria Executiva do Ministério da Economia (CGLEJ/DGP/SGC), Iris Francisca Alves de Sousa, tendo como suplente, Débora Ribeiro Martins

A duração da comissão do processo seletivo está estipulada em 90 dias, com possibilidade de eventuais prorrogações. 

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2020? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade