Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso Deap SC: banca para 600 vagas definida

Por meio de dispensa de licitação, na última segunda-feira (07), foi definida a banca que organizará o processo seletivo do concurso Deap SC (Departamento de Administração Prisional de Santa Catarina) para agente penitenciário. A empresa responsável pela seleção será a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas (Fepese). Desta forma, a próxima etapa será a assinatura do contrato para que possa iniciar a elaboração do cronograma e edital de abertura.

A seleção, anunciada em 20 de maio pelo governador Carlos Moisés, contará com uma oferta de 600 vagas e para concorrer é necessário possuir formação de nível superior com remuneração inicial de R$ 4 mil. 

De acordo com informações do governo do estado, o concurso está alinhado com o plano de segurança pública, no sentido de diminuir os índices de criminalidade. “Esse anúncio de mais 600 vagas para agentes do sistema prisional catarinense supre a demanda para ativação de novas alas, novas unidades prisionais e também futuras unidades que serão construídas. Esses agentes vêm para que a gente possa atuar nas unidades de forma adequada com segurança para os agentes e também garantir um tratamento adequado aos internos do sistema prisional”, afirmou.

A comissão do concurso tem como presidente o servidor Paulo Roberto de Oliveira, tendo, ainda, como membros, os servidores Carlo Pegoraro Nicoloso, Denise da Silva, Dayanne Christine Sestren, Artur Eduardo Knabben e Almery Alcides Vieira, tendo como suplentes Valdemiro da Rocha Junior e Marcelo dos Santos Ribas.

Veja como foi o último concurso Deap SC

O último concurso Deap SC para o cargo de agente penitenciário ocorreu em 2013, quando foram oferecidas 300 vagas, sendo 270 para homens e 30 para mulheres. A banca, na ocasião, foi a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese). A seleção contou com cinco fases, incluindo provas objetivas, prova de capacidade física, avaliação psicológica, exame toxicológico e investigação social.

A prova objetiva foi composta de 70 questões, versando sobre língua portuguesa, noções de informática, direitos humanos, direito constitucional, direito administrativo, direito penal, direito processual penal e legislação estadual.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade